sexta-feira, 29 de agosto de 2014

ARANHA VERMELHA


Parte debaixo de uma folha com aranha Vermelha.


Características:

A aranha vermelha é um ácaro com quatro patas, um abdômen e cabeça. A sua cabeça é do tamanho de 0.5 mm aproximadamente e tem uma característica peculiar, em quanto ao sua cor, é verde-claro com duas manchas negras, nos meses de verão. E laranja sem manchas nos meses de Outono e Inverno. Em definitiva, nas suas distintas fases de desarrolho apresenta uma cor esbranquiçada, amarelenta, vermelho-pardo e verdoso, dependendo também da arvore ou planta que se hospede o na época do ano.


Planta infectada de aranha vermelha, os círculos assinala os grupos de aranhas.

Reprodução:

Para a sua reprodução, deve alcançar umas condições climáticas favoráveis de 40 a 55 % de umidade relativa e boa incidência de luz. Reproduz-se por ovos. Os ovos são de forma oval e de cor amarelenta o avermelhado, que se encontram na parte debaixo da folha. Uma vez nascida a aranha, já que tem 6 patas, passa por três estados, até chegar a adulto:
1º- Larva. 
2º- Protoninfa: só apresentam dois pares de patas. 
3º- Deutoninfa: em esta fase diferencia-se já o carácter sexual da aranha, fêmea ou macho.
Se a temperatura é elevada e o ambiente seco, a multiplicação da aranha vermelha incrementa-se cada vez mais.


Folha cheia de picaduras de aranha vermelha.

Danifica:

A aranha vermelha instala-se por detrás da folha alimentando-se do sumo celular da capa superficial da mesma (chupa a savia da planta). Aparecem de imediato umas manchas claras em cima e detrás da folha que definitivamente fazem que a folha se torne completamente amarela, excepto os nervos, seca-se e morre. Estas consequências são irreversíveis.
Vaporiza


Vaporiza sempre debaixo da folha para que a aplicação seja efetiva e não deixes que a água que escorra penetre na terra onde está a planta.

Eliminação:

O melhor para não ter problemas é a prevenção, regando cada 15 dias com óleo de NEEM, mas isto nem sempre resulta, por isso e enquanto está em crescimento podemos pulverizar com vários insecticidas de contacto para combate-las, tais como Dicogreen, Rotenona ou Compo aranha vermelha. Muito importante em estes casos pulverizar as folhas por debaixo, se não o fazemos assim não servirá de nada. É importante destacar que se a praga nos invade finalizando a floração, não convêm aplicar-lhe nada, como muito combate-la com água até que façamos a colheita, já que uma vez combatida a aranha acaba por se ir embora. É uma boa ideia juntar-lhe cola na corda onde as ponderemos a secar essas plantas infectadas, já que quando queiram ir para outras plantas ainda vivas, vão ficar agarradas.
Outra solução é utilizar BioKill, pulverizar as zonas afetadas, cuidado se só pode ser aplicado até ao penúltimo mês antes da colheita!


Para os clones o melhor é fazer uma solução a base de água e dicogreen e pegando-as pela base, submergindo-as nela sem molhar as raízes durante ao menos 10 segundos e para termos a certeza que o insecticida chega a todas as folhas, a moveremos enquanto está baixo de água.


Aranha predadora que nos ajuda nas tarefas de limpeza de pragas.
Não confundir com as aranhas convencionais já que estas são predadoras de outros insectos e por tanto, igual que salamandras, sardaniscas, joaninhas, mantis o abelhas, entre outros, ajudam-nos a manter limpas as plantas.

Inimigos Naturais:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMO FAZER CULTIVO DE CANNABIS PASSO A PASSO "MACONHA"