terça-feira, 26 de agosto de 2014

SECAGEM E CURA


A secagem é a parte mais importante de todo o processo, já que um mal secado faria que todo o tempo investido em chegar até aqui fosse por agua abaixo. Se a humidade a zona de secagem for muito alta, superior aos 60-70%, de certeza que tenderemos problemas com os fungos, se isto acontecer tenderemos que tirar os cabeços. Se pelo contrario a humidade é demasiado baixa, como acontece nos dias de Setembro ou Outubro ainda calorosos, os cabeços secam-se em 3-4 dias e incluso menos, e isto também não é bom, já que ainda não se estraguem por completo, os cabeços perderam cheiro e sabor e ficaram tão secos que não necessitaremos grinder. O tempo ideal de secagem está em torno dos 12 dias.


A forma mais comum de coloca-los a secar é como indica nas fotos, separadas entre si para que se arejem bem. Durante a secagem devem estar em escuridão total, já que a luz estraga o THC, devem estar também num lugar fresco e ventilado, as altas temperaturas também os danificam. Se não há espaço suficiente para pendurar os cabeços, existem secadoras de 1 metro quadrado por 2 metros de altura.


Saberemos quando está seco e pronto para usar quando ao dobrar uma rama, esta parte-se fazendo barulho, em lugar de dobrar-se, é o que acontece quando ainda tem umidade. O objectivo não é seca por completo, deve guardar entre uns 5 e uns 10% de umidade onde estarão os cheiros e sabores e fará que a textura do cabeço ao ser triturada seja esponjosa e não pó, típico dos cabeços ressequidos.

CURADO

O curado é a fase em que o cabeço, depois de levar entre uma e duas semanas de secado e quando ainda conserva de uns 10 a uns 15% de humidade, é metida em recipientes, que podem ser de madeira, cartão, vidro e incluso plástico, embora os melhores resultados os tendereis nos 2 primeiros materiais já que permitem uma melhor oxigenação, algo clave neste processo. Abriremos os recipientes cada 2-3 dias para termos a certeza que não aparecem fungos nos cabeços e para intercambiar o ar por oxigénio novo do exterior. O que se consegue com o curado é que a resina termine de madurar a través de uma decomposição enzimática. A clorofila com o seu amargo sabor assim como os maus cheiros/sabores que deixam alguns fertilizantes, sobre tudo os químicos, desapareçam com um bom curado. A marijuana irá ganhando em sabor, cheiro e potência conforme vá passando o tempo, tempo que não deveria ser inferior a 1 mês nem superior a 2. É muito importante faze-lo bem porque dele dependerá o êxito ou fracasso da nossa colheita, já que um cabeço mal curado pode ter mau sabor, enquanto que um cabeço que recém cortado que não seja do todo bom e incluso mau, ganhe com um bom curado. A temperatura ideal é de uns 15-20 graus e não deve ter ponta luz, que como já dissemos anteriormente degrada o THC.


Uma vez esteja curada podemos guarda-la por tempo indefinido, embora que a partir dos 6 meses o THC irá diminuindo, em botes, preferivelmente de cristal herméticos, fechados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMO FAZER CULTIVO DE CANNABIS PASSO A PASSO "MACONHA"